Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 14 de outubro de 2011

Meu pai…

 

 

 

Eu já vi muita coisa na minha vida. E fui moldada, em parte pelas minhas escolhas, em parte por tudo que eu vi enquanto crescia. A gente aprende vendo, vivendo, compartilhando e fazendo parte, isto é fato e eu sou isso.

Eu já vi coisa pra caramba… provavelmente bem mais coisa do que muita gente por aí. Isso nao me torna melhor nem pior, só cheia de histórias e experiências. E uma das coisas que eu mais aprendi nesse tempo todo é a ADMIRAR PESSOAS. Quando vc sente na pele uma dificuldade, você passa  a respeitar quem já passou por algo parecido, começa a questionar e a relativizar as coisas que acontecem com a gente mesmo (isso uma pessoa normal, uma pessoa ‘rasa’ passa por um monte de coisa e continua vendo o próprio umbigo).

E eu aprendi a admirar um homem, que eu digo de boca cheia que é meu maior exemplo, tanto de luta, quanto de intensidade, de busca e de conquistas. Já o vi bem pra caramba, desempregado, lutando representando uma marca de ferramentas (lembra, pai?), construindo a própria sorveteria, fazendo armadilhas pros ladrões pararem de nos roubar… já andei de Corcel II sem chão, dava pra ver o asfalto, já acampei em Bombinhas qdo ainda era estrada de chão, aprendi a dirigir num fusca e lembro quando ele vendeu um Fiat 147 pra eu e o Bru colocarmos aparelho. Já o vi bem, de novo… e mal, de novo… e bem, de novo… e sempre lutando demais, trabalhando demais, intenso demais, e vivendo demais. Já vi ele aprontando, brigando, e correndo atrás pra consertar… eu cresci aprendendo com um homem intenso, em todos os sentidos. E amo demais tudo o que eu vivi. Tanto o bom quanto o ruim.

Enfim, pai:

Parabéns pelo seu aniversário. Sei que nem preciso dizer pra vc aproveitar aí no Chile, porque vc “aproveita” melhor do que ninguém. Só quero dizer, já que nao posso te abraçar hj, que eu te admiro demais. Que posso até ser uma decepção pra ti, e entendo quando vc fala isso, por tudo que vc ja lutou e ja viveu, mas amo demais, quero perto sempre, e farei sempre o possível pra estar junto, sendo o maximo que eu conseguir ser.

Deus te abençoe, pai. Aproveita. Vc é foda e eu não vivo sem.

 

 

 

 

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: