Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Feira de Natal 2010’ Category

Primeiro eu gostaria de fazer um esclarecimento… recebi um comentário no post anterior, falando que eu duvidava ou colocava em cheque a honestidade dos feirantes, ao falar que eu era honesta demais pra participar de feiras…. eu esclareci para o comentarista mas gostaria de esclarecer aqui também: conheci dezenas de batalhadores, pessoas honestíssimas, que são artesãos há mais de 25 anos e lutam por seu lugar e seu trabalho ser reconhecido. Admiro, muito, todos eles… Luiz, Antônia, Alzira, Rosa, Sandra, etc… Gente boníssima… eles lutam essa luta há anos… alguns calados, outros indo atrás e buscando corigir os erros que a política e a corrupção trazem. Eu tinha como ambição ir pras feiras, pro Largo da Ordem, etc… agora não tenho mais… Essas pessoas todas que conheci já fazem isso desde que eu era criança. Eu não vou entrar nisso, ainda mais na atual conjuntura… era só isso…

 

Voltando…

 

Rosa me contou que perdeu tudo ano passado na feira de Natal de 2009, na Praça Santos Andrade mesmo, quando numa chuva toda a lona de cima da barraca dela voou. Toda. Ela disse que perdeu tudo o que tinha produzido e estava expondo. Algumas pessoas da prefeitura foram até a barraca dela… ela pediu ajuda, explicou que a lona fornecida pela prefeitura tinha voado, etc… o que eles falaram? Fizeram uma proposta… disseram que se ela colocasse isso na mídia, deixasse eles usarem o que aconteceu e ajudasse a derrubar o tal do Paulo Base, eles restituiriam o que foi perdido… o que ela fez? Não se sujeitou, perdeu tudo, ficou no prejuizo… como ela não aceitou a proposta, ficou sem o auxilio da secretaria…

Fiquei sabendo de muitas outras histórias nesse mesmo nível… Rosa é uma batalhadora, adorei conhecela, e sinceramente, me indignei com o que ouvi. Tem cabimento?

Pausa
Agora gostaria de mostrar algumas fotos….

Vou colocar as fotos na ordem que foram tiradas mesmo… Essa, uma foto interna da nossa barraca. Remendos na lona, sujeira e o plástico que colocamos pra que nao chovesse. A nossa barraca tinha a lona de cima totalmente desproporcional às armações de ferro… perdemos mais de R$300,00 em materiais porque mesmo com os plásticos, a chuva entrava…

Aqui da pra entender melhor o que eu quero dizer com “desproporcionalmente menor”…

 

A barraca estava totalmente deteriorada. Os meninos da “segurança”, que abriam e fechavam as barracas, nos emprestaram a lona azul, pra minimizar nossos estragos, e tiveram que improvisar esse pedaço de madeira para segurar uma das abas da barraca… porque a parte do encaixe não existia mais… era quase perigoso, mas necessário.

Dá pra ter uma idéia né?

Tudo improvisado, amarrado com arames pra não cair na cabeça de ninguém…

Visualmente horrível. Feio. Passa uma péssima impressão a qualquer pesssoa que passe na frente.

 

Aqui, a nossa barraca…

 

Aqui, a barraca da Antônia (mulher incrível, que faz coisas deliciosas… segue à risca todas as exigências da secretaria, e exige o que lhe é de direito também… Dá pra ver que era pra barraca ser amarela?

A barraca da Rosa… tirei fotos só das barracas ao lado da minha… reparem na sujeira da lona, na apresentação da barraca… pensem numa pessoa vindo de longe  e olhando pra 14 barracas desse jeito….

Ok, fotos postadas…. o que eu acho?

Eu confesso que desconhecia a dificuldade e as lutas desses artesãos, como experiência, foi maravilhoso fazer essa feira… conheci gente mt legal, que quero ter contato sempre.
E confesso que desconhecia essa politicagem, picaretagem, essas articulações políticas todas… desconhecia esse descaso da prefeitura, sequer imaginava o que acontecia na feira do Largo.

Amo Curitiba, amo as feiras.. sempre fui visitante e cliente da maioria delas… adoro levar Lucca pra passear nas Feiras Especiais… vou praticamente todos os domingos no Largo… temos fornecedores que são do Largo… pessoas incríveis, talentosíssimas.

Como frequentadora assídua do largo há muitos anos, confesso que já vinha observando “etiquetas” e comentando com minha mãe de como as coisas mudaram por lá… e depois de ver “o outro lado”, fiquei muito decepcionada… decepcionada porque talvez tenha criado uma ilusão sobre Curitiba, sobre a prefeitura, sobre a secretaria de turismo, sobre tudo isso… e na verdade, tem diferença pras outros contextos corrompidos não… tudo “amemacoisa”.

Dizem que as coisas vão mudar… rs. Sei lá.. torço muito pela lutas dos ARTESÃOS de Curitiba…muito mesmo. E até por isso resolvi postar sobre isso. Vai que de alguma forma a voz deles mesmo ecoa em alguma direção e é ouvida?

Abraços,

Van

Read Full Post »

Vamos lá… sei que vão alguns posts pra eu falar tudo que eu quero, mas hora ou outra eu precisaria começar, e então que seja agora.
Uma amigona minha, a Nana, me convidou pra fazermos juntas a Feira de Natal da Praça Santos Andrade, em Curitiba. Fomos informadas que o funcionamento  seria o seguinte: paga-se uma inscrição, mais um valor para os seguranças cuidarem das barracas durante o periodo da feira, mais o aluguel de um “piso” (tipo paletes), mais gastos com plásticos pra proteger a barraca, alimentação, transporte, etc…

Ok… os valores são os seguintes: R$241,08 de inscrição, (para uma barraca com 4 artesãos juntos, as barracas de alimentação, por exemplo, pagam 4 vezes esse valor e ficam sozinhos numa barraca) + R$165,00 de segurança (que abrem e fecham as barracas com lonas e teoricamente cuidam das barracas durante a noite) + R$25,00 por feirante pelo tablado no chão. Fora isso, o gasto médio por feirante é de R$150,00 com plásticos pra proteger as barracas, que são IMUNDAS, CHEIAS DE REMENDOS, IMPRATICÁVEIS… Fora todo o restante, com alimentação, transporte e blá blá blá…

Ok. Você faz a inscrição, paga no banco e vai numa reunião na Secretaria de Turismo da Prefeitura de Curitiba… reunião onde são sorteadas as barracas e passadas informações sobre o funcionamento da feira… Aí você começa a entender o esquema, e percebe que o campo onde vc vai pisar pela primeira vez é minado… bem minado.

Sim… eles nos informam que as barracas estão meio “castigadas” mas que “ano que vem serão novas” (as feirantes mais antigas garantem que isso é prometido há anos), e sugerem que se compre o plástico cristal, com a exigencia que tem que ser transparente, pra proteger as barracas. ok.

Você vai e monta toda a instalação elétrica, os plásticos dentro de uma barraca que olha, é algo surreal de tão sujas, tão feias… são barracas que são cedidas para festas de bairros, de frutas (rs, festa da uva, por exemplo), de paroquias… Sim, cedidas. E nós pagamos R$1000,00 por um mísero mês de aluguel.Tudo montado? Legal… vc descobre que as barracas que vão para a Feira de Natal da Praça Osório são infinitamente melhores. Mais limpas, lonas proporcionais às armações de ferro, tudo bonitinho… a inscrição que a Osório paga? Não, não é mais que na Santos Andrade não… mesma coisa. Mesmo valor.

Mas isso não é nada…

Sou muito observadora, conversadora, e curiosa. Conheci tanta gente, fiz tanta amizade, descobri tanta coisa…
Descobri por exemplo de que quem ‘minou’ esse setor da prefeitura foi a ‘querida’ vereadora JULIETA REIS (DEM). Esta senhora (odiada por todos os feirantes com quem conversei) colocou MARILI LESNAU como COORDENADORA DAS FEIRAS, cargo de confiança (tão odiada quanto sua chefe). Desde que Julieta entrou nas feiras, a revenda passou a tomar conta tanto das feiras especiais quanto da Feira do Largo da Ordem.

Pausa
Todas essas feiras da prefeitura são para incentivo do ARTESANATO, com a exigência de que os produtos comercializados sejam…. artesanais, óbvio. Não é o que se vê. Estima-se que 50% da feira do largo seja REVENDA. O que é isso? Comerciantes que compram e revendem. Não, não fazem não. Trocam as etiquetas lá mesmo e voalá… compraê que né? Tá barato e “fui eu que fiz”… Eu que fiz nada… tem empresas, lojistas que tem mais de uma barraca na feira… tudo revenda… tem barracas e mais barracas “made in 25 de março”… Já passaram pela coordenação pessoas que tentaram segurar isso… Paulo Base sei que foi um desses, e foi derrubado. Vocês não fazem ideia do quanto rola de $$ nesse setor.
Despausa

Ok… voltando.
Conversei muito com o Luiz… “dinossauro” das feiras… era feirante da Rui Barbosa antes da criação da Rua da Cidadania, que ele mesmo diz que foi o “enterro” dos artesãos… Foi uma conversá ótima… Ele estava revoltado porquê os feirantes de alimentação estavam sem acesso à água, por exemplo… eu vi o stress da Antônia, feirante vizinha que virou amiga, quando ia até o chafariz pegar água e o cadeado estava trocado e trancado.
Ele me contou muitas coisas, expressou o amor dele pelo trabalho artesanal, citou histórias lindas de artesãos que lutam há anos pra ter o trabalho reconhecido, e de gente que chega com revenda e detona com tudo.
Me contou que há 12 anos atrás, um feirante artesão ganhava bem, a ponto de poder pensar em casa própria e financiamentos de carros, etc. Hj em dia? O que eu vi lá são pessoas sofridas, que passam necessidades sem apoio nenhum da prefeitura.

Luiz me contou que na Santos Andrade não se pode dividir Barraca de alimentação… mas que curiosamente na Osório tinha barracas de alimentação com 2 feirantes dividindo. Contou que o estatuto da Feira do Largo da Ordem determina que se pode ter apenas uma barraca por família, e que existem famílias que tem 2, 3, 4 barracas.

Pausa
Pois é, vou parar por aqui e volto amanhã pra terminar… amanha venho com minha opinião sobre isso e com fotos da feira, das barracas,  e histórias de feirantes que são de indignar qualquer pessoa.

A única coisa que eu posso adiantar é que nunca, nunca mais participo de feira da Prefeitura dessa cidade. Sou honesta demais pra me sujeitar à isso.

Abraços,

Van Lima

Read Full Post »

Mais algumas agendas já entregues:

 

 

Gostaram?

Depois posto mais…

Bjs
Van

Read Full Post »

Agendas 2011…

As agendas 2011 já estão bombando, e se vc quiser a sua é bom encomendar logo, pq estou com algumas encomendas já e com a feira, vai ficar tudo bem corrido….

Essas eu fiz pra minha querida Tia Marcela, as voluntarias da Ordem Rosa Cruz serão (ou ja foram… eu acho que já foram) presenteadas com as agendas:

Tem mais, mas nao vou conseguir postar agora, rs…

Depois eu volto… mas comentem aí… o que vcs acharam?

 

Bjs
Van

Read Full Post »

Deu um trabalho imenso pra pintar.. quase desisti.

Qdo decidi usar os papéis da Prima, passei a simpatizar mais com a caixa (olha, pintar MDF é uma coisa que não me deixa muito feliz não, rsrs)… e agora ela é meu xodó. Nem sei se vendo. rs. A flor que eu fiz eu vi num PAP no Youtube… adorei, depois pesquiso o link pra postar aqui.

 

Gostaram?

Bj
Van

Read Full Post »

Pois é… e aí que eu tive que sumir porque estou super mega produzindo, participando da Feira de Natal na Praça Santos Andrade, em Curitiba.

A Santos Andrade é a praça da Universidade Federal do Paraná… muito bonita a praça  e bem movimentada… fico aqui na feira até dia 23 de Dezembro… todos os dias, das 10h atè as 20h (eu na  verdade fico das 15h às 20h)… Tem bastante coisa linda e muito, muito baratas… passe aqui quando der…

Então, daqui pra frente, o que eu postar de fotos são coisas que estou vendendo e expondo aqui na feira… tem bastante coisa e eu vou postando aos poucos, ok?

Sites que falam da feira, vale conferir:

Gazeta do Povo


Prefeitura de Curitiba

 

 

 

 

 

 

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: