Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘LO 30×30’

Eu preciso de momentos assim: livres, só meus. Onde eu me permito errar, tentar, exagerar, espirrar e recortar. Sou livre, adoro!

 

10262075_732990733434728_3112761568778055816_n

Anúncios

Read Full Post »

Aí a pessoa vira aluna por alguns dias, aprende, reaprende, descobre a pólvora (!!) e volta pra casa querendo fazer tudo de novo, testar, tentar, criar. E ai que esse LO tem um pouco da Re Moni, um pouco da Bi Ribeiro e um pouco da minha destrambelhada arte….

 

Lomogram_2014-04-08_01-15-46-PM

 

PS: Foto muito especial, achei o momento certo de usar!!

Van

Read Full Post »

WP_001041Mais um trabalho criado para nossas aulas aqui no atelier. Flor feita com livro antigo, costura, jounarling escondido, etc…

Read Full Post »

WP_000989Página (LO)  criada especialmente para nossas aulas semanais, com alunos e alunas mensalistas.

Nosso objetivo não é ter uma “uhuu super novidade” e técnicas novas absolutamente toda semana, até porque não faria sentido e perderia a essência de nossos encontros semanais! Sim, buscamos estudar, aprender e trazer com a experiência de 8 anos “na lida”, técnicas novas, tendências, aulas sobre design, peças diferentes, etc. Mas o objetivo do curso mensal, com encontros uma vez por semana, vai além:

Meu objetivo é despertar a criatividade, a liberdade de criação de cada aluno. É mostrar a abrangência que a arte traz, aos poucos e de maneira séria e embasada, consolidando o conhecimento e transformando a arte em uma terapia, um hobby, um ofício, um refúgio, mas com bom gosto, entendendo o que se está fazendo. A experiência me trouxe essa calma e ao mesmo tempo essa necessidade de continuidade e exercício, para o cérebro e para a alma. Já dei cursos pra pessoas que queriam rapidamente aprender tudo o que podiam e em poucas semanas estavam vendendo e aceitando encomendas… e olha, dava uma vergonha alheia aguda em cada trabalho que eu via! Hoje oriento diferente e vejo resultados incríveis.
Resultado no processo criativo, na auto-estima, na capacidade e na liberdade de criar. Alunas que não se expressavam e hoje conseguem ver beleza no que escrevem.  E além disso, os encontros semanais são uma terapia coletiva. Compartilhar nossos problemas e nossas alegrias nos torna mais expressivos, mais leves, mais sensíveis. E com o tempo, o que mais me deixa feliz é ver uma aluna criando, sem copiar ninguém, sua própria arte!

Esse sonho era antigo, confesso! Demorou, mas enfim, consigo realizá-lo, e vivê-lo  todos os dias!

Quer mais informações? Entre em contato com a gente, curta nossa página no face, mande e-mail, apareça pra conhecer nosso cantinho e entender porque nossas clientes entram e não nos deixam nunca mais!!

E aproveitando o post, segue nossos horários e turmas:

Segundas –  manhã – turma crianças de 4 a 9 anos
Segundas – tarde – turma adultas
Terças – noite – turma adultas
Quartas – tarde – turma adolescentes de 10 a 40 anos, rs
Quartas – noite – Turma adultas e turma crianças (a partir de 5 anos)

Nossas turmas estão praticamente fechadas,temos poucas vagas, entre em contato para mais informações e venha fazer arte com a gente!

Bjs

Van

Read Full Post »

Meus últimos três meses foram inexplicáveis. Correria, rotina reprogramada, tempo faltando, dias completamente preenchidos. 26 mensalistas no atelier, mais as turmas das escolas, totalizando 35 alunos, com aulas semanais. E programar aula pra esse povo todo? 5 grupos: crianças de 3 a 5 anos, crianças de 7 a 9 anos, adolescentes, adultas iniciantes e adultas “avançadas”.

 

1 (15)

E no meio desse “caos sonhado”, parei pra fugir nos meus papéis e fiz esse LO. Me deixou tão mais leve, depositei em cada detalhe toda a minha inquietude. Foi pensado para uma das nossas aulas, e acabou me lembrando do porque amo tanto o que faço!

1 (16)

E por fim, como sempre, palavras e mais palavras…

Coragem pra tentar
força pra continuar
esperança pra sorrir
peito pra admitir
coração pra encarar
E muita alma pra cantar.

Só o horizonte me cura
só a verdade me liberta
e me faz livre, como borboleta
que certamente sou.

Read Full Post »

Precisamos caminhar, seguir em frente e viver, passo a passo, a estrada que a vida nos oferece. Aprendemos assim e seguimos assim.
Nossos passos desenham o roteiro, e  nossa capacidade de recomeçar e aprender nos dão o privilégio de observar além de nós mesmos, e de descobrirmos que mesmo em meio às mais densas trovoadas, existe beleza e motivo.

Meu caminho até aqui tem sido longo e intenso. Trechos sinuosos, tombos destruidores, muita chuva e luta, mas ao mesmo tempo, um aprendizado contínuo que não me deixa desistir.

Já tive momentos em que não quis mais caminhar. Outros em que caminharam por mim, sem que eu percebesse, e desenharam uma estrada que eu mesma jamais trilharia, e quando percebi e retomei meus pés, tive sentir cada ferida  de passos errados e sozinha, cicatrizar um por um. E nessa sequência de tropeços, sorrisos, paisagens e aprendizado, segui, sem muita vontade e sem muita coragem, meus dias.

Questionei cada tropeço, cada surpresa e cada recomeço. Revoltei, acomodei, tentei, desisti.  Com o tempo passei a aceitar as dificuldades da estrada, e me livrei da pressão que sentia, de trilhar um caminho digno dos outros, que todos aprovassem. A partir desse momento minha vida mudou. Me permiti uma leveza antes nao vivida. Passei a sorrir independente das circunstâncias. A sonhar meus próprios sonhos, a levantar disfarçadamente e rapidamente de cada tombo. As tempestades continuaram constantes, mas eu via o belo que existe no cinza, e a música que  cantam os trovões.

E em algum momento, provavelmente quando a vida percebeu que transformei o denso em leve, aprendi a correr.
Sim. Correr. Com passos enormes e desajeitados, aprendi a correr atrás dos meus sonhos. Percebi que só assim conseguiria saciar minha inquietude, e que as dificuldades já não me abalavam, mas que os desafios gritavam por mim.

Corri, persegui. Obstinada e determinada, descobri que cada um dos tropeços traiçoeiros, em cada queda  e do descrédito que ouvi foram fundamentais pra me fazer entender o valor de um sorriso, o preço de um sonho realizado e o regozijo de colher cada semente plantada com suor e muito amor.

Seguirei assim, cada dia um passo, ou vários em um dia só, com minha acidez, minha intensidade. Com o amor que me move, com o sorriso no rosto, com meu filho nos braços, com minha luta na alma, minha obstinação nos pés e meus sonhos no peito.

1 (53)

Van Lima

Read Full Post »

O trabalho era direcionado. LO’s que traduzissem o trabalho de uma maquiadora especializada em noivas.
No meio de uma correria imensa, eu e Ray sentamos para criar, e concordamos que se tratava de um momento único. Precisávamos de leveza e liberdade. E no fim das contas, adoramos o resultado.
Escolhemos algumas músicas que nos inspiram, fizemos nossas flores preferidas, respingamos nossas tintas e 4 LO’s ficaram assim:

 

 

Esse primeiro foi a Ray, com Maria Gadú de trilha…

IMG_4078

 

IMG_4080

 

Esse segundo, criação minha, música do Seu Jorge.

IMG_4084

 

IMG_4087

 

Mais um meu, minha flor preferida, minha música preferida.

IMG_4089

 

IMG_4092

 

E por fim, a segunda criação da Ray. Flores, cores e liberdade, ao som de Ira.

IMG_4095

 

IMG_4099

 

Espero que tenham gostado.

Bjs
Van

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: